Com ajuda do Safety Car, Porini vence o GP Itália

Com a quinta vitória na temporada, o piloto da Toro Rosso está próximo do título

Porini vence o GP da Itália e fica próximo do título da  4ª temporada na categoria Pro da Liga da Velocidade

Para ser campeão em qualquer esporte é necessário muito treino, dedicação e habilidade. Mas, uma dose de sorte sempre é bem vinda. Após uma ajudinha do Safety Car, em decorrência de uma largada conturbada, Roney Porini (Toro Rosso) conseguiu superar o péssimo início de prova e vencer a quinta etapa da Categoria Pro da Liga da Velocidade, em Monza, na Itália. Utilizando uma estratégia consistente e uma pilotagem agressiva, Porini viu seus concorrentes diretos se chocarem na quarta volta, abrindo espaço para se consolidar como o grande nome a ser batido na 4ª temporada do torneio.

Qualificação

Assim como tem acontecido nas outras etapas do campeonato, Roney Porini conseguiu o melhor tempo sem muitas dificuldades e largou na frente no GP da Itália. O piloto paulista fez o tempo de 1:19,393, seguido pelo companheiro de equipe Wellington Tomassoni, que marcou 1:19,997. Além disso, completaram a segunda fila Leonardo Portes (Red Bull), com 1:20,114 e Kleber Martins (Force India), com 1:20,281.

Corrida

Antes da largada, o GP da Itália já se configurava como um capítulo decisivo na temporada. Mais uma vez os quatro líderes do campeonato largariam nas primeiras posições. Porini, que até então estava vencendo sem problemas, teria que trabalhar bastante para garantir a primeira colocação.

O início foi como era esperado: agressivo. Porini largou mal e não conseguiu segurar o ataque dos adversários, caindo, assim, para a sexta posição. Antes mesmo da primeira chicane, um grande acidente envolvendo os carros do meio do grid forçou a entrada do Safety Car na pista, que ficou até a quarta volta.

Esse momento seria chave para os rumos da corrida. Como o Safety Car foi acionado logo no início, os carros todos ficaram aglomerados, formando uma fila indiana. Não foram criados pelotões, o que tornaria mais fácil a possibilidade de ultrapassagem. Por isso, Porini ganhou a oportunidade de se recuperar na prova.

Após Safety Car

Após a liberação da pista, o destino pareceu estar do lado de Porini novamente. Logo na primeira curva, os dois líderes, Leonardo Portes Wellington Tomassoni, se chocaram. Assim, Porini subiu mais duas posições e viu fora da briga dois dos três pilotos mais agressivos do campeonato.

A partir desse momento viu-se uma aula de pilotagem de Porini. Agressivo, cerebral e contundente, o piloto paulista ultrapassou os adversários com tranquilidade e retomou a liderança já na nona volta. A partir desse momento, a prova foi puramente burocrática para o líder do campeonato.

Completaram o pódio Kleber Martins, atual vice-líder da competição e Rafael Antunes (Haas), que, assim como no Brasil, fez mais uma grande prova. Além disso, Leonardo Portes e Welligton Tomassoni fizeram corrida de recuperação e chegaram na quarta e sexta posição respectivamente.

A próxima etapa da Categoria Pro da Liga da Velocidade será disputada na próxima segunda-feira (26), na Áustria.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.