Gobbs vence, Portes erra e Bianchin fatura o título da Iniciantes

Na corrida mais disputada da temporada, Bianchin chega em segundo e faturou o título da temporada

 

Emocionante. Assim podemos sintetizar o GP do Japão. O autódromo foi palco de várias decisões na Fórmula 1 real e assim também foi na modalidade virtual.

Gobbs foi o vitorioso do GP, levando com maestria seu carro até o final, conquistando a segunda vitória da temporada, finalizando o campeonato na terceira posição.

Mas a disputa que todos estavam de olho era entre Vinícius Bianchin e Leo Portes.

 

Qualificação

O ar de dramaticidade começou na sessão de qualificação. Após longo e tenebroso inverno, o companheiro de Bianchin, NoobInAction, voltou. Bianchin teve queda de conexão minutos antes de começar a sessão, mas conseguiu ingressar na sessão a tempo.

Gobbs chegou mostrando a que veio, cravando a pole position. Bianchin fez a segunda colocação. Leo Portes errou suas três voltas e não conseguiu fazer tempo válido, largando na 9a Colocação. Bruno Barbosa (DiabloirioBR) foi o terceiro colocado no qualifying.

 

Corrida

Na largada, Gobbs se manteve na primeira colocação, Bianchin ficou com o segundo lugar. William Câmara largou bem e assumiu a terceira colocação. Ainda na primeira volta Leo Portes já estava na quarta colocação e na segundo volta ocupou a terceira colocação.

Adotando uma estratégia diferenciada, Leo Portes largou com o Pneu Médio, enquanto Gobbs e Bianchin largaram com o super soft, que possui maior aderência, porém com maior desgaste.

Portes aproximou-se dos dois primeiros colocados Gobbs e Bianchin, passando a ocupar a liderança no momento da parada dos boxes dos dois primeiros, que ocorreu na décima volta.

Leo Portes parou nos boxes na 16ª volta e voltou entre Gobbs e Bianchin, na segunda colocação, resultado este que lhe garantia o título da Categoria Iniciantes.

Porém, Leo Portes arrriscou demais a ultrapassagem em cima de Gobbs, veio por fora na primeira curva, perdeu o controle do carro, tocou na lateral de Bianchin, deixando escapar o título que parecia certo.

Com a batida, Portes foi obrigado a ir aos boxes, trocar o bico do carro para possibilitar ter equilíbrio para terminar a corrida.

Ao final da prova, a chuva, que foi presença constante na categoria iniciantes, deu o ar da graça, gerando uma briga final entre Gobbs e Bianchin até a última curva, que consagrou a vitória do piloto da Mercedes e o título de Spartakruz, levando o taça para casa. Portes terminou na distante terceira colocação, ficando 1 ponto atrás de Bianchin.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.