Impecável, Léo Portes vence o GP da Bélgica na categoria Pro

Marcelo Lima e Kleber Gomes fecham o pódio em Spa Francorchamps, pela Liga da Velocidade.

O Grande Prêmio da Bélgica teve a assinatura mágica de Léo Portes. O piloto da Haas foi o homem da prova, registrando a pole position, a volta mais rápida e a vitória em Spa Francorchamps pela Lida da Velocidade.

Durante a sessão de classificação, Portes, Rafael Antunes e Marcelo Lima protagonizaram a disputa pela pole position. Durante boa parte do treino, os pilotos cravaram tempo de 1:44, mas nos minutos finais, Leo Portes tirou o coelho da cartola e rompeu a barrira de 1:43 e assegurou a pole. Rafael e Marcelo e Gabriel Antunes fecharam as duas primeiras filas.

Na corrida, a superioridade do carro de Portes foi evidente ao logo da prova. Após a largada, Leo Portes conseguiu manter a primeira posição sem sustos, diferente de Rafael Antunes, que foi ultrapassado logo na primeira curva por Lima.

Nas primeiras voltas, Lima pressionou Portes, que soube segurar o ímpeto do adversário e mantendo a frente da fila. Outra briga interessante foi entre o Rafael De Paula e Rafael Antunes. Os pilotos disputavam a quinta posição, quando De Paula acabou tentado forçar uma ultrapassagem, deixou o carro escapar e provocando a colisão com Antunes, que teve o bico quebrado e precisou entrar no pit.

Já na parte da frente, Portes continuou na liderança da prova, só que cometeu erros que fez a direção da prova aplicar penalizações. O piloto da Haas recebeu punição de seis segundos, por isso precisava colocar uma vantagem de tempo superior a isso. A margem permaneceu próxima do limite boa parte da prova, mas Portes contou a queda de rendimento do carro de Lima e conseguiu colocar o gap de 9 segundos, assegurando a vitória da etapa. Kleber Gomes fechou o pódio do GP da Bélgica.

Veja a corrida completa no vídeo abaixo:

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.