Matheus supera adversários e vence GP da China

A reta final da Liga da Velocidade promete emoção. Após a pausa para o carnaval, o piloto Matheus Azevedo não sentiu a semana fora das pistas e conquistou a vitória no GP da China. Ao contrário do que aconteceu nos Estados Unidos, Matheus teve que brigar pela primeira posição após uma largada ruim. Com o resultado, o piloto entra de vez na briga pelo título da temporada.

Qualificação

O GP da China é marcado pelas curvas feitas com pouco freio, com o pé no fundo do acelerador. Alguns pilotos não sabem se adaptar a essas características e por isso surpresas eram esperadas entre as primeiras posições do grid.

Confirmando as expectativas, nenhum dos quatro líderes do campeonato largou na ponta. A pole ficou com Thiago Vaz que, apesar fazer boas provas, geralmente apresenta problemas mecânicos durante a corrida e perde posições. O piloto carioca marcou 1:33,065. Ele foi seguido por Kléber Gomes, com 1:33,145. Completaram a segunda fila Cássio Silva e Jules Colaço.

Corrida

A corrida da China não foi um monólogo de Matheus Azevedo, assim como foi o GP dos EUA, mas mesmo assim é impossível não falar da grande prova do piloto gaúcho. Após uma largada ruim, Matheus conseguiu se recuperar e e assumiu a primeira posição, controlando os ataques adversários até o fim da prova.

Além disso, Matheus contou com a sorte de não ter alguns líderes do campeonato na cola. Alexandre saiu da parte de trás do grid, se recuperou e chegou na quinta posição. Wallace não correu bem e terminou na sétima colocação.

A próxima etapa da Liga da Velocidade é na próxima quarta-feira, 19, no GP da Bélgica.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.