Rafael Antunes quebra hegemonia de Porini e fatura o GP da Áustria na Pro

Líder do campeonato, Porini terminou na quarta posição

Antunes fatura a sua primeira vitória na categoria Pro da F1 2018

Em toda temporada de um campeonato, a qualidade dos competidores descreve uma trajetória ascendente. No início, todos estão se preparando, conhecendo os materiais de trabalho (carros) e se adaptando aos outros concorrentes. Mas em um determinado momento, tudo fica familiar. Os atletas conhecem os adversários e os limites da sua equipe. Assim, a competição atinge o mais alto nível técnico e mental.

Sem dúvidas, o GP da Áustria, válido pela 6ª etapa da Categoria Pro da Liga da Velocidade, marcou o início do auge da competição. Técnica, agressividade e estratégia foram mixadas em uma corrida que pode ser considerada como uma das mais belas da competição até então. Assim, no fim, o vencedor foi o mais completo. O piloto da Ferrari, Rafael Antunes, soube usar a mente e ser agressivo quando preciso, para tomar posições em falhas pontuais dos adversários. Desta forma, Rafael encontrou na briga pela liderança do campeonato que, apesar de esquentar na reta final, ainda está muito bem encaminhada para Roney Porini.

Qualificação

A briga pela liderança na largada do GP da Áustria novamente colocou os pilotos mais rápidos na ponta do grid. Mas, diferente do que aconteceu nos últimos três GPs, quem largou na frente foi Leonardo Portes, com 1:04,371. Além disso, o líder do campeonato Roney Porini marcou 1:04,646, garantindo a segunda posição no grid. E na segunda fileira largaram Kleber Martins, com 1:04,786, e Wellington Tomassoni, com 1:04,917.

Corrida

O GP da Áustria caminhou diferente dos anteriores. Carros mais velozes na ponta, assim como em outros grandes prêmios, mas sem incidentes graves ou mudanças bruscas na liderança. Tudo parecia estar cronometrado. No final, ganhou quem soube lidar com esse novo cenário.

Mesmo em uma corrida muito técnica, a largada sempre é um momento especial. Na partida, Leonardo Portes largou bem e manteve a liderança. Mas, ao fazer uma ultrapassagem irresponsável, Gabriel Antunes, que tinha partido da quinta posição, não cumpriu o traçado da pista e se chocou com Porini na primeira curva. O acidente também impactou Kleber Martins, que foi para o final do grid e fez corrida de recuperação.

Durante o resto da corrida, os líderes se mantiveram os mesmos: Portes, Porini, Tomassoni e Rafael Antunes. Havia apenas mudanças pontuais na primeira posição, com ataques de Porini à Portes. Pudemos assistir disputas de posição espetaculares entre os líderes. Durante esse intervalo, várias idas aos boxes fizeram com que a corrida foi mais cerebral do que agressiva.

Reta final

Os rumos do GP da Áustria foram decididos apenas nas últimas voltas. Após uma ultrapassagem irregular em cima de Portes, Porini foi punido com uma passagem pelos boxes. O piloto paulista decidiu cumprir a punição faltando seis voltas para o final, com a esperança de conseguir recuperar as posições perdidas. Após os boxes, Porini voltou na quarta colocação e não conseguiu se recuperar.

Aproveitando esse espaço, Rafael Antunes, então terceiro colocado, começou a ser vai incisivo nos traçados e encostar no pelotão da frente. Após ultrapassar Tomassoni sem dificuldades, Antunes chegou nas ultimas duas voltas com uma diferença de 0,1s para o líder Portes. Nos últimos quilômetros, Antunes superou o piloto da Red Bull e venceu o GP da Áustria.

Campeonato

Apesar da quarta posição na etapa, Porini ainda lidera o campeonato com 273 pontos. Premiando a consistência que vinha sendo mostrada nas ultimas corridas, Rafael Antunes venceu a prova e colou nos lideres na classificação. Mas, sem dúvidas, o mais beneficiados com os resultados foi Leonardo Portes, que diminuiu a diferença do líder para 66 pontos. Mas mesmo assim, o piloto da Red Bull ainda precisa de uma combinação improvável de resultados para conquistar o título, faltando duas etapas. Kleber Martins e Wellington Tomassoni perderam gás e praticamente não tem mais chances de título.

A próxima etapa da categoria Pro da Liga da Velocidade será na próxima segunda-feira (3), na Rússia.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.