Ramalho sai da 6ª posição para vencer o GP do Brasil

Em uma corrida consistente, Rafael Ramalho sai da sexta posição e ganha no GP do Brasil, pela Liga da Velocidade. Com a vitória, o piloto da McLaren deu passo importante na busca do título da temporada, que acontece na próxima terça-feira (1º/10) no circuito de Cingapura.

Qualificação

Nem Rafael Ramalho e Pedro Lanzarin, os dois postulantes ao título da temporada, foram os destaques da tomada de tempo em Interlagos. Com sua Ferrari voando baixo, Celso Passos conseguiu cravar o tempo de 1:09:179 e garantiu a pole position, seguido de Bruno Thiago, Ramos Souza e Hermes Netto.

Ramalho e Lanzarin não se saíram bem e terminaram a sessão na 6ª e 8ª posições respectivamente.

Corrida

Quem acompanhou a prova pode aproveitar emoção do início ao final da prova. Logo na largada, Celso Passos não conseguiu fazer sua Ferrari manter a primeira posição e viu Bruno Thiago assumindo a ponta. Na briga pela segunda posição, ainda no “S” do Senna, Celso se envolveu em um toque com Ramon Souza. Os dois pilotos tiveram peças quebradas. Ramon, que largou em terceiro, acabou caindo para a 7ª posição por ter entrado no box. Celso continuou na pista com as avarias, tentando permanecer no pelotão da frente.

Quem não tinha nada a ver com isso era Rafael Ramalho, que aproveitou a confusão e saltou para a segunda posição. Na 8ª volta, o piloto da McLaren chegou e ultrapassou o então líder Bruno Thiago na freada do “S” do Senna. Depois disso, Ramalho manteve o bom ritmo e levou o seu carro na primeira posição até o final.

Outro destaque da corrida foi Pedro Lanzarin. Largando em 8º com sua Mercedes, o piloto fez uma excelente prova de recuperação e conseguiu terminar em segundo, principalmente devido ao erro de Bruno Thiago, que rodou sozinho e bateu, precisando realizar uma parada nos boxes a mais.

Veja todas as emoções da 6ª etapa da Categoria Iniciante da Liga da Velocidade no vídeo abaixo!

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.